Administração rondonense realiza e projeta investimentos de mais de R$ 20 milhões na educação

Administração rondonense realiza e projeta investimentos de mais de R$ 20 milhões na educação

Os recursos são para obras de ampliações, construção de uma nova escola, aquisição de equipamentos e criação de mais vagas para a educação infantil

 

A administração municipal de Marechal Cândido Rondon vem realizando importantes investimentos no setor educacional e está viabilizando novos projetos, que vão desde a ampliação de educandários, construção de uma nova escola, até a aquisição de equipamentos para serem utilizados pelos alunos e professores.

Atualmente, seis projetos estão em andamento. Alguns, inclusive, em trâmites licitatórios. Juntos, somam mais de R$ 20 milhões em investimentos, com recursos próprios do município.

Serão investidos R$ 354.287,15 na troca do telhado da Escola Municipal Jean Piaget. Outros R$ 413.959,82 serão utilizados para a ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil Zilda Arns, com a construção de duas novas salas, além de banheiros.

Também já se encontra em trâmite licitatório o processo para a construção de um novo educandário no município, a ser instalado no bairro Boa Vista. Trata-se da Escola Municipal Idalina Vianna Guzzoni, cujo investimento será de R$ 3.101.704,77.

Outras duas escolas serão ampliadas. A Escola Municipal Ana Paula terá duas novas salas de aula, além de nova área administrativa e banheiros. Já na Escola Municipal Osvino Weirich, no Jardim Higienópolis, o investimento será em mais cinco salas de aula, banheiros e outras dependências. Nestas duas escolas, a previsão de investimento é de cerca de R$ 1,5 milhão.

A Secretaria de Educação também trabalha na aquisição de 12 equipamentos para as Salas de Recursos, voltados à educação inclusiva e ao atendimento especializado para estudantes portadores de condições especiais. O investimento será de R$ 514 mil.
Já foi assinada a ordem de compra para a aquisição de lousas digitais para todas as salas de aula dos CMEIs do município. Os equipamentos serão instalados em breve. O investimento é de R$ 2.928.000,00.

Recentemente também entrou em trâmite licitatório o projeto que visa aparelhar escolas com equipamentos para a geração de energia solar. Num primeiro momento, 8 escolas serão beneficiadas, sendo elas: 25 de Março, Érico Veríssimo, Jean Piaget, Waldomiro Liessen, Bento Munhoz da Rocha Neto, Antônio Rockenbach e os CMEIs Pequeno Polegar e Pequeno Príncipe. O processo segue com investimento máximo de R$ 1.140.982,9.

Mais 380 novas vagas nos CMEIs

Com a ampliação do CMEI Zilda Arns, será possível criar de 36 a 50 novas vagas de creche para o período integral naquele local. Outras 48 vagas foram ampliadas junto ao SESI para a educação infantil de 0 a 3 anos e mais 48 vagas para atendimento a crianças de 4 e 5 anos, através de processo de dispensa de licitação, com valor de investimento de R$ 6 milhões para 36 meses, ou seja, quase R$ 137 mil por mês.

Mais 234 vagas serão criadas através de chamamento público para a educação infantil de 0 a 3 anos, sendo 90 integrais e 144 parciais, em escolas particulares de Marechal Cândido Rondon, totalizando mais R$ 6 milhões em investimentos para 24 meses, o que perfaz um valor de R$ 250 mil/mês. As escolas estão em fase de credenciamento e contratação, com vistorias das estruturas físicas.

Desde 2017, já foram criadas 440 novas vagas em CMEIS, no período integral. Esse número é muito maior, já que muitos alunos frequentam os centros em período parcial (manhã ou tarde), o que garante que mais alunos sejam matriculados. As vagas já criadas são: 72 no SESI; 210 no CMEI Pequeno Príncipe; 38 no CMEI 24 de Maio; 72 no CMEI Vila Gaúcha; e 48 no CMEI do Jardim Primavera.

 

Fonte: Assessoria 

Veja a notícia completa em Rádio Difusora do Paraná