Marechal Rondon tem projetos contemplados no Proesporte

Marechal Rondon tem projetos contemplados no Proesporte

Iniciativas resultam em aproximadamente R$ 200 mil em benefícios no município

 

 

A Superintendência Geral do Esporte e a Comissão do Programa Estadual de Fomento e Incentivo ao Esporte (CProesporte) anunciaram nesta quinta-feira (24), a conclusão da etapa de seleção de projetos do Edital N° 4 do Proesporte. O programa destina R$ 9 milhões em recursos financeiros decorrentes de renúncia fiscal para a execução de projetos esportivos, conforme os critérios estabelecidos no decreto nº 8.560/2017.

A seleção, a homologação final e os 75 projetos aprovados estão relacionados em ordem alfabética com o código do projeto e o valor aprovado, e podem ser conferidos nos endereços: https://www.aen.pr.gov.br/…/lista_selecionados_edital04… e https://www.esporte.pr.gov.br/…/projetos_selecionados.

Marechal Cândido Rondon foi contemplado com dois projetos no Proesporte. O primeiro se refere à administração municipal, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, para o atendimento continuado na Formação Esportiva – Vivência Esportiva, no valor de R$ 50.000,00. A outra iniciativa é da Asseamal (Associação Educacional e Assistencial Martin Luther), visando o treinamento esportivo e/ou participação em competições na Excelência Esportiva – Alto Rendimento, com R$ 149.450,00.

Aptidão

Os projetos contemplados estarão aptos a captar recursos de incentivo fiscal após cumprimento de todos os procedimentos contidos no item 10 do edital, concomitante à entrega da documentação obrigatória complementar, apresentação de certidões atualizadas e a reunião de informações e anexos bancários na plataforma digital utilizada pelo Proesporte, conforme orientações a serem repassadas pela coordenação.

Os proponentes só poderão desenvolver suas ações a partir do momento em que finalizarem a etapa de contratação, e obtiverem autorização prévia requerida e autorizada.

Exemplos

O coordenador do programa, Otávio Vinicius Taguchi, destaca a importância do incentivo ao esporte no Paraná. “Estamos bem satisfeitos com os projetos inscritos e o melhor de tudo é que a gente está vendo os resultados, alguns deles bem expressivos, como atletas contemplados com a lei de incentivo competindo em nível internacional e trazendo resultados de grande importância para o estado”, disse.

“Um grande exemplo de atleta que compete a nível internacional é o Ronan Cordeiro, que graças ao Proesporte conseguiu recursos para adquirir materiais, e consequentemente conquistou uma vaga para as Paralimpíadas de Tóquio, ficando em quinto lugar na modalidade de Paratriathlon”, reforçou. “Tivemos também a Isa Abreu, que depois de muitos anos trouxe um resultado bem expressivo para o Paraná, que ficou entre as 30 melhores no Campeonato Mundial de Pentatlo e recebemos, há poucos dias, a notícia de que ela se tornou campeã brasileira de pentatlo”, expôs.

Segundo ele, o programa tem conseguido alcançar a meta e as políticas de esporte, que são oportunizar, democratizar e incentivar projetos. “O Proesporte tem conquistado um grande êxito nestes quesitos, que é fazer com que as pessoas tenham acesso ao esporte e aos recursos para poderem praticar esporte”, acrescentou.

Proesporte

Com três editais lançados, o governo do Paraná destinou o montante de R$ 2 milhões para o primeiro edital do Proesporte (2018), R$ 8 milhões para o segundo (2019), R$ 9 milhões para o terceiro (2020) e R$ 9 milhões para o quarto edital (2022). O edital de 2023 será de R$ 20 milhões, o de 2024 de R$ 25 milhões e o de 2025 de R$ 25 milhões.

De maneira simplificada, o projeto possibilita aos proponentes que apresentem as suas intenções e concorram a recursos provenientes de renúncias fiscais do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Dessa forma, o governo do estado incentiva e fomenta o desenvolvimento esportivo.

Nesta edição se inscreveram projetos esportivos dentro dos seguintes requisitos: pessoa física, pessoa jurídica de direito privado, OSCIP e OS, pessoa jurídica de direito público da administração direta e indireta que comprovem ser residentes, domiciliados e estabelecidos no estado do Paraná há no mínimo dois anos.

Os projetos envolvem cinco diferentes áreas: Formação Esportiva (Vivência); Formação Esportiva (Fundamentação e Aprendizagem); Excelência Esportiva (Especialização e Aperfeiçoamento); Excelência Esportiva (Alto Rendimento); e Esporte para a Vida Toda e Readaptação.

CProesporte

A Comissão do Programa Estadual de Fomento e Incentivo ao Esporte tem como competência a elaboração dos editais, a seleção e aprovação e homologação do resultado final dos projetos selecionados nos editais do Proesporte, conforme estabelece o decreto estadual 8.560/2017.

 

Veja a notícia completa em Rádio Difusora do Paraná