Rede estadual terá Educação Fiscal a partir de 2023

Rede estadual terá Educação Fiscal a partir de 2023

Para desenvolver o projeto nas salas de aula foram elaborados 20 vídeos com temas pedagógicos

 

Fomentar a cultura da cidadania fiscal para jovens da rede pública de ensino do Paraná é o foco do projeto “Educação Fiscal nas Escolas”, apresentado pela Escola Fazendária durante a 3ª Semana da Conscientização Tributária e o Seminário Paranaense de Educação Fiscal.

Com conteúdos voltados a professores e estudantes, as ações serão colocadas em prática durante o ano letivo de 2023.

O projeto faz parte do Grupo de Educação Fiscal do Paraná, uma parceria da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte e Secretaria de Estado da Fazenda, e tem como objetivo aproximar os estudantes das temáticas da educação fiscal, discutir a função do tributo para financiamento da educação, saúde, assistência social e outros serviços públicos, bem como o controle social sobre a aplicação dos recursos arrecadados e seu funcionamento de modo geral.

Para desenvolver o projeto nas salas de aula foram elaborados 20 vídeos com temas pedagógicos definidos pela própria Secretaria da Educação.

Os conteúdos serão utilizados no Ensino Fundamental, na disciplina de Matemática do 6º ao 9º ano, e no Ensino Médio, na disciplina de Matemática Financeira, do 1º ao 3º ano.

De acordo com o Secretário de Educação, Renato Feder,   “assuntos como tributos, leis e parte financeira vão estar nos materiais didáticos dos alunos”.

Mesmo com a definição de conteúdos para cada série, todo o material será disponibilizado aos professores, o que dá ao corpo docente a autonomia de usar qualquer material de maneira transversal em suas respectivas disciplinas.

A parceria ofereceu um curso de formação de 120 horas para 32 professores dos Núcleos Regionais de Educação, denominado “Disseminadores de Educação Fiscal” e realizado ao longo deste ano para auxiliar na implantação do programa.

Esses  conteúdos vão abordar temas como as taxas e impostos: desde suas finalidades, função social, formas de cobrança nos mais variados itens nas três esferas de governo.

Também fazem parte questões como o orçamento público, medidas de combate à corrupção e sonegação fiscal, imposto de renda e controle social.

Veja a notícia completa em Rádio Difusora do Paraná